quarta-feira, 30 de Novembro de 2011

Auto de medição de 21 325 068$00 - 90 913,67 + 15 455,32 euros

O centro social da ARCOR, há precisamente 10 anos!

A 29 de Novembro de 2001, há 10 anos, foi medida e debitada a obra feita do centro social da ARCOR.

O segundo auto de medição: 90 913,67 euros, mais IVA (15 455,32 euros). Ou 21 325 068$00, pela antiga moeda.
O Milton Gomez e o Dinis Alves (fiscais da obra) já tinham avisado do «peso» financeiro da factura da Construções Marvoense, que nos foi entregue em mãos, a 30 de Novembro (faz hoje 10 anos), pelo engº. Filipe Magueta (da construtora). Foi observada na reunião de direcção desse dia, na pequena secretaria da casa da Junta (junto ao lavadouro), e não havia outra coisa que não pagar. O que teríamos de fazer (e fizemos). Foi a mais alta factura (auto de medição) de todas as 33 que foram pagas durante os 4 anos desta direcção - ao tempo formada por Celestino Viegas (presidente), Manuel Soares (vice-presidente), Arlindo Reis (tesoureiro), Madalena Neves (secretária) e Milton Gomez (vogal).

Prémio da Fundação Dionísio Pinheiro para Andreia Almeida

Andreia Marina Marques de Almeida foi um dos quatro galardoados com o prémio escolar da Fundação Alice Cardoso Pinheiro e Dionísio Pinheiro. Foi representada pelo pai, Manuel Duarte Almeida, o Capitão (foto), na cerimónia de entrega, na tarde de sándo, 26 de Movembro de 2011.

Os prémios são entregues todos os anos aos melhores alunos das escolas secundárias de Águeda - Marques Castilho (2) e Adolfo Portela (2) - e visam reconhecer e premiar o esforço dos melhores alunos.

Os galardoados deste ano foram José Nuno Figueira da Silva Ferreira, Diana Gaspar de Freitas, Marcel Giuseppe Langone Marques e Andreia Marina Marques de Almeida.

O prémio atribuído é constituído por uma medalha alusiva à Fundação (de série limitada) e uma importância pecuniária. Os premiados passam a integrar a lista de Amigos da Fundação usufruindo de todos os direitos inerentes a amigos efectivos.

terça-feira, 29 de Novembro de 2011

Balneários da pateira em plano da Junta para 2012

Os balneários deverão ser construídos ao lado direito (de quem olha) do restaurante


A Junta de Freguesia de Ois da Ribeira, “sem dinheiro para fazer grandes coisas”, tem um orçamento de 66 400 euros e planeia construir os balneários da pateira em 2012.
O plano de actividades e orçamento vai ser analisado e votado na Assembleia de Freguesia do dia 7 de Dezembro, às 21 horas, e Fernando Pires, presidente do executivo ribeirense, não tem “grande fé” em obras.
“O asfaltamento da rua das Arroteias anda há anos em plano da Câmara Municiapl e, para 2012, terá 22 500 euros, mas não sei se será feito”, disse o autarca.
A rua das Arroteias a que Fernando Pires se refere é a que vai da casa de Hermenegildo Viegas aos Serrados e não a que é comummente conhecida por esse nome - o troço da António Bernardino aos mesmos Serrados (e que já está asfaltada).
Quanto ao milhão de euros inscrito no plano de actividades, da Câmara Municipal, para Ois da Ribeira, diz Fernando Pires que “é lapso”: “São para o aterro de Cabanões, que é de Travassô”.

segunda-feira, 28 de Novembro de 2011

Roubo de torneiras de fontes e churrasqeiras

As torneiras das fontes de Santo António e dos Amores foram roubadas. As das duas churrasqueiras (norte e sul) do parque de lazer também”voaram”. Já não é a primeira vez que tal acontece. E não se sabe quantas mais vezes acontecerá.

A verdade é esta: enquanto os ladrões não forem castigados, continuará a roubalheira.

sexta-feira, 25 de Novembro de 2011

Notícia da Tuna no Diário de Notícias de 1906

Notícia sobre a Tuna de Ois da Ribeira, publicada a 30 de Dezembro de 1906, no Diário de Notícias, em Lisboa. Há 105 anos! Foi recolhida da página 3, da edição desse dia - que me foi facultada pelo Centro de Documentação da Controlinveste/DN.

A montagem (executada por Luís Neves) esteve exposta no almoço de aniversário, a 20 de Novembro de 2011.

quinta-feira, 24 de Novembro de 2011

Tuna Musical distinguiu os seus dirigentes

A Tuna de Ois da Ribeira distinguiu todos os elementos dos corpos sociais, desde 1993, com um diploma - no seguimento da condecoração de mérito recebida do Gverno Civil de Aveiro, por ser considerada centenária.
Os distinguidos Alfredo Oliveira, Alípio Framegas, António Morgado Abrantes, António Prazeres, António Horácio Tavares, António M. Reis, António M. Melo, António M. Soares, António N. de Melo, António Simões Pinheiro das Neves (falecido), Armando Figueiredo dos Reis, Armando Simões das Neves, Aurélio Matos dos Reis, Carlos Reis Matos, Davide Reis, Dinis Pereira, Fernando Pires , Horácio Soares, Hostilino Cardoso Matos, Hostilino Reis Matos, João Paulo Gonçalo, Jorge Élio Framegas, José António Ferreira, José Maria Gomes, José Tavares Pires, Luís Neves, Madaíl Matos, Manuel Carlos Oliveira, Manuel Horácio Reis, Manuel Soares, Manuel Sucena de Melo, Milton Santos, Nuno Miguel Almeida, Ortélio Costa e Porfírio Pires.

Fotos de A. Melo

terça-feira, 22 de Novembro de 2011

Abertura do centro de dia da ARCOR, há 7 anos!!!

A 22 de Novembro de 2004, a ARCOR abriu portas aos primeiros utentes do centro de dia: Lucinda de Jesus e Anacleto Estima (já falecido) - os dois primeiros. Seguiram-se o casal Rosa e Acácio Gomes (falecido) e Armanda Anjos, de Cabanões.
Isto aconteceu há exactamente 7 anos e confesso que foi dos dias (dos muitos dos 4 anos das minhas últimas presidências) que mais me emocionou. A 29, uma semana depois, reuniu a direcção com a assistente social Ana Carolina Simões. Que tudo estava a correr bem, foi-nos dito. E nesse mesmo dia comensámos com os familiares dos utentes. E contentes estavam eles. O algum receio de que a nova valência suscitasse algum problema, estava desanuviado.
Ainda lá estão Lucinda Jesus e Rosa Tavares (viúva de Acácio). E muitos outros.

Lembranças da Tuna para quem a ajuda





A Tuna Musical distribuiu lembranças à Banda Nova (madrinha da Tuna aquando da reactivação, em 1993), capitão Amílcar Morais (que entregou 3 obras à Tuna), Junta de Freguesia de Ois da Ribeira (foto do meio), Câmara Municipal de Águeda (foto de baixo), Otília Reis (foto de cima, a ensaiadora da marcha da Tuna e responsável pela manutenção do memorial do cemitério), Porfírio Tavares Pires (que continua a carregar a bandeira nos serviços, gratuitamente), Carlos Cruz (amigo do Freixo, S. Pedro do Sul, onde a Tuna vai em serviço, muitos anos, todos os 15 de Agosto) e ARCOR.
Fotos de A. Melo. Ver amanhã



segunda-feira, 21 de Novembro de 2011

O aniversário da Tuna Musical

As quatro novas músicas e o maestro António Bastos (em cima)
e a Tuna a actuar no Adro da Igreja





A Tuna Musical de Ois da Ribeira festejou 114 anos, juntando 210 amigos e apresentando alunos da sua escola de música.
O programa inclui arruada (no sábado), missa e romagem ao cemitério, mini-concerto e almoço (dia 20) - durante o qual intervieram os presidente da assembleia e direcção da Tuna (Horácio Tavares), padre Julio Grangeia, João Gomes (ARCOR), o vereador João Clemente e António Celestino de Almeida (presidente da Assembleia Municipal).
A direcção fez uma exposição de fotos e recortes antigos de jornais, com notícias da Tuna, duas delas de Soberania do Povo e com artigos relacionados com a bandeira (descrição e da entrega, em 1905), para além de um do Diário de Notícias, de 30 de Dezembro de 1906. E apresentou a Medalha de Mérito Distrital e o diploma, atribuídos em 2011.
Os 9 alunos da escola de música “mostraram-se” em duetos, quatro deles já do ano passado e que agora já vestiram o fardamento, pelo que cada uma delas recebeu um “diploma” referente ao seu primeiro serviço oficial pela Tuna de Ois da Ribeira. Foram elas, Gabriela Reis, Andreia Fernandes, Micaela Fernandes e Micaela Tavares (todos na foto de cima).
O vereador João Clemente sublinhou o número de participantes: “Sem dúvida que e é resultado de um grande trabalho da direcção”, disse o autarca, agradecendo “a forma como sempre sou recebido em Ois e pela Tuna”.
Fotos de A. Melo. Ver amanhã.

sábado, 19 de Novembro de 2011

Orçamento da ARCOR aprovado por unanimidade

A assembleia geral da ARCOR, a 19 de Novembro de 2004 (há 7 anos), aprovou por unanimidade o orçamento e plano de actividades para 2005, com receitas e despesas de 833 000 euros.
As obras de conclusão do centro social tinham parte de leão: 250 000 euros (30%). A mesma dos arranjos exterior: 250 000 euros (outros 30%).
Os custos com o pessoal estavam cabimentado com 108 000 euros (12,96% do orçamento de 2005).
O orçamento de 2012, há dias aprovado por maioria, prevê 268 622,01 euros para salários e ses encargos (ou seja, 56% do seu custo).
Há uma diferença de 169 622,01 euros a mais, em 2012, relativamente a 2005. Em dinheiro antigo, nada mais nada menos que 32 169 216$00. Estamos a falar de qualquer coisa parecida com 2 689 768$00 por mês.
Muita coisa mudou na ARCOR, desde então.
- NOTA: Quem quiser ler a notícia e saber mais
dados o plano e orçamento de 2005, basta
que clic em cima da imagem deste post.

sexta-feira, 18 de Novembro de 2011

Tiago Tavares em cartoon europeu...

O Tiago Tavares foi convocado para o estágio da selecção nacional de sub-23 que irá disputar o Europeu de 2012 e o blogue OIS DA RIBEIRA deixa aqui a sua homenagem a um campeão maior do desporto ribeirense: um cartoon especialmente feito para o efeito.
A criação é de Nelson Leal, um amigo da ARCOR. Aqui deixamos a maneira como é visto em cartoon, aos dias 18 de Novembro de 2011.

quinta-feira, 17 de Novembro de 2011

ARCOR foi oficialmente constituída faz hoje 31 anos

A escritura de constituição oficial da ARCOR - Associação Recreativa Cultural de Ois da Ribeira foi assinada a 17 de Novembro de 1980 - há precisamente 31 anos. Completam-se hoje.

O documento foi assinado no Cartório Notarial de Águeda, por Celestino Viegas, António Framegas e Custódio Alves Ferreira (presidente, secretário e tesoureiro da associação), Agostinho Tavares, Armando Morais, José Melo Ferreira, Fausto Melo Ferreira, José Pires Tavares e Armando Tavares dos Reis. Testemunharam Danilo Costa e Filipe Silva. A escritura custou 3 813$00.

quarta-feira, 16 de Novembro de 2011

Alvará das obras do centro social da ARCOR

O alvará camarário definitivo das obras de construção do centro social foi emitido a 16 de Novembro de 2004 - hoje se completam.
Referia-se ao arranjo exteriores e foi levantado na Câmara Municipal de Águeda no dia seguinte, concluindo um longo e dramático processo que, entre outros problemas, por exemplo, levou ao embargo das obras, a 3 de Fevereiro desse ano. Foram tempos muito difíceis e a gestão deste melindroso processo implicou uma enorme partilha de responsabilidades entre os corpos directivos de então.

Felizmente, tudo acabou bem!

terça-feira, 15 de Novembro de 2011

Tiago Tavares convocado para a selecção nacional de sub-23

Tiago Tavares (ao centro, na foto) foi convocado, pelo seleccionador Ryszard Hoppe, para o primeiro estágio da selecção nacional de sub-23 que irá disputar o Europeu 2012 de Velocidade. O canoísta da ARCOR é dos 29 atletas (deste escalão e do de juniores) que, de 21 a 25 de Novembro, vão estar nos trabalhos de treino programados para o CAR de Montemor-o-Velho. O Campeonato da Europa de Juniores e Sub-23 vai realizar-se em Portugal, em Julho de 2012, e este é o primeiro estágio da nova época desportiva.

segunda-feira, 14 de Novembro de 2011

A Tuna de Ois da Ribeira e uma história centenária...



A Tuna de Ois da Ribeira comemora o (que diz ser) 114º. aniversário nos dias 19 e 20 de Novembro e o programa tem a novidade de uma exposição sobre a sua história.
Por exemplo, sabe que a bandeira foi oferecida pelo Conde Sucena em 1905?
E sabe que Alexandre Nunes Vidal (de Fermentelos) era o seu maestro nesse mesmo ano? E que, em 1951, a Tuna comemorou as bodas ouro? Ou seja, os 50 anos de fundação?
A documentação sobre estes momentos da história tunante poderá ser vista na exposição que o vice-presidente Luís Neves está a organizar para esse dia.
A comemoração começará no sábado, dia 19, com uma arruada. Domingo, 20 deNovembro, será celebrada missa (10 horas), seguindo-se a romagem ao cemitério, um mini-concerto no restaurante Pôr-do-Sol e o almoço comemorativo (12,45 horas).

sábado, 12 de Novembro de 2011

As primeiras eleições autárquicas de Ois da Ribeira

Ois da Ribeira, há 35 anos, vivia as emoções das primeiras eleições autárquicas, que estavam marcadas para 12 de Dezembro de 1976. E, por esta altura de Novembro, era conhecidas as duas listas de candidatos.
Ganhou a do PS, com 212 votos. Teve 145, a do CDS/PP. O PSD e o PCP não concorreram.
Algumas curiosidades:
1 - O presidente da JF eleito, Isauro Santos (PS), era o presidente da comissão administrativa, empossada a 25 de Junho de 1974.
2 - O candidato Alexandre Pinheiro de Almeida (PS) era pai de Arménio Framegas Pinheiro de Almeida (CDS).
3 - O nº. 1 do PS (Isauro Santos) é irmão de Firmino Santos, segundo suplente (PS).
4 - Walter do Reis Framegas e Vitor Fernandes da Silva (PS) era cunhados.
5 - Os socialistas Isauro e Firmino (irmãos) e Hercílio Almeida eram sobrinhos de Alexandre (PS) e primos de Armémio (CDS).
6 - Os centristas Mário Neves e Armando Reis são cunhados.
7 - Falecidos: José Bernardino Gomes de Melo, Vitor Fernandes da Silva e Alexandre Pinheiro de Almeida (PS), Hernâni Framegas dos Reis e Jaime Pinheiro dos Reis (CDS).
Clicar na imagem, para a ampliar.

sexta-feira, 11 de Novembro de 2011

A cave do centro social da ARCOR

A 22 e até 26 de Outubro de 2001 (há 10 anos!) iniciaram os trabalhos de movimentação de terras da (então) futura cave do centro social da ARCOR. Foi um grande atrevimento, deliberado no Pôr-do-Sol e que, dois anos e tal mais tarde, muitas e fortes de cabeça viria a dar a quem, na altura, dirigia a associação.
A foto de baixo, mostra a cave e a placa da 1ª. fase. A parede que ali se vê (com os prumos encostados) foi demolida a 9 de Novembro, para facilitar o magusto e festa de S. Martinho que ali ocorreu no dia 10 seguinte (de 2001). Foi a primeira iniciativa realizada no centro social e, na prática, também a primeira actividade directiva no sentido de angariar fundos para a obra.
Clicar nas imagens, para as ampliar

quinta-feira, 10 de Novembro de 2011

ARCOR no Conselho Consultivo de Cultura de Águeda

A ARCOR, há exactamente 30 anos (7 de Novembro de 1981), foi eleita para o Conselho Consultivo de Cultura da Câmara Municipal de Águeda.
A constituição do CCC decorreu do Encontro de Colectividades do Concelho de Águeda, que então se organizou pela primeira vez e envolveu 16 instituições.

quarta-feira, 9 de Novembro de 2011

Baile Magusto de S. Martinho na ARCOR

A ARCOR, a 9 de Novembro de 1979, organizou o baile e magusto de S. Martinho. Para o efeito, foi expressamente reorganizada a Tuna Musical - que estava inactiva desde 1963.
A noite foi de uma sexta-feira e associou-se à festa o Agrupamento Renovação, decorrendo o evento no pavilhão de Sesnando Reis. ´
A Tuna? Tocaram e encantaram Carlos Matos, Madail Matos, José Amadeu, Edmundo Reis, Alfredo Oliveira, Ortélio Costa, Hostilino Matos (sobrinho), Alípio Framegas, David Santos e Aires Carvalho. Isto foi há 32 anos, hoje se completam!

terça-feira, 8 de Novembro de 2011

José Carlos venceu concurso de pesca da Associação de Surdos

José Carlos Almeida venceu o concurso de pesca da Associação Cultural de Surdos de Águeda e recebeu o prémio no decorrer da festa do 11º. aniversário, realizada anteontem (dia 6 de Novembro).
O concurso envolveu seis provas, realizadas de Maio a Outubro, e José Carlos Almeida (à direita, em baixo, na foto) foi seguido de Manuel Tavares (2º.) e Manuel Cortes (3º.). Alberto Machado (à direita dele) recebeu o prémio de maior peixe e o irmão António Alberto Almeida (à direita, atrás) recebeu o do azar.

segunda-feira, 7 de Novembro de 2011

Há 10 anos: Obras na cave da sede para o ATL






A 7 de Novembro de 2001, há 10 anos, começaram as obras de restauro da cave da sede antiga, para lá instalar o ATL. O número de crianças tinha aumentado significativamente, já eram 49!!!, e o espaço da casa da Paula era diminuto. E lá funcionavam a creche, o ATL, o refeitório e a cozinha. Na escola, ficava o jardim de infância.
A sorte da ARCOR foi a generosidade de Dinis Alves, um dos fiscais da obra do centro social (com Milton Gomez), que ofereceu os materiais e pôs lá a trabalhar uma equipa da sua empresa de construção civil. Gratuitamente!!! A ARCOR não tem muitos sócios destes. A 29, estavam os trabalhos concluídos. A 4 de Dezembro, «inaugurou-se» o novo ATL. E lá funcionou até 2005.Outra novidade, a partir deste dia, foi a abertura de uma secretaria - até aí inexistente. Ficou na sala do lado do rio e aberta ao público, em horário de expediente. No espaço intermedio, ficou uma pequena biblioteca.
As fotos mostram a sede da ARCOR, em Novembro de 2001 (há 10 anos), antes das obras. Na do lado direito, vê-se o balcão do bar. Os sacos plásticos tinham o arquivo da associação.

domingo, 6 de Novembro de 2011

Coral Sénior de Os Pioneiros na ARCOR

O Coral Sénior de Os Pioneiros actuou no salão da ARCOR, há uma semana (dia 30 de Outubro), no encerrramento da Semana Sénior. Já com uma semana da atraso, aqui fica o registo fotográfico, o da altura em que João Paulo Gomes, presidente da associação ribeirense, agradecia a sua actuação.
Clicar na imagem, para a ampliar.

sábado, 5 de Novembro de 2011

Assembleia da ARCOR aprovou orçamento de 480 000 euros

A assembleia geral da ARCOR aprovou, ontem, o programa de acção e orçamento para 2012: por 27 votos a favor e três abstenções. Previsão de resultados líquidos positivos de 516,43 euros. Receitas previsíveis: 480 065,46 euros. Despesa prevista: 479 549,03.
A necessidade de «controlar eficientemente as despesas» é sugerida pelo conselho fiscal, embora «sem prejudicar o cumprimento rigoroso dos serviços prestados». A direcção manifesta a confiança no cumprimento dos objectivos do programa de acção, na convicção de inflectir o aumento das despesas.
Os custos do pessoal são o ítem mais relevante: 268 622,01 euros (56%).

A sessão demorou-se na análise, nem sempre serena e justificada, do funcionamento das valências sociais, teatro e canoagem. E se não foi serena, também, não foi esclarecedora.
Há 10 anos, a realidade era outra. Bem diferente:- Orçamento: 705 000 euros. Mais 224 934,54 (ou 45 050 contos).
- Pessoal: 62 200 euros. Menos 206 422,01 (ou 41 340 contos).E já agora:- Canoagem: 11 450 euros.- Valências sociais: 95 280 euros, prevendo «precisar de donativos na ordem dos 12 500». Conseguidos.- Obras do centro social: 650 000 euros.

Em nenhum dos anos de construção do centro social (2001 a 2005) se apresentaram orçamentos e contas (muito menos!) com resultados negativos.


Clicar na imagem, para a ampliar.





quinta-feira, 3 de Novembro de 2011

Assembleia geral da ARCOR



A assembleia geral da ARCOR está marcada para amanhã, dia 4 de Novembro, para apresentação e votação do orçamento e programa de acção de 2012.
A ordem de trabalhos inclui um ponto para análise da situação das várias valências sociais da associação e das secções de canoagem e teatro.
A sessão está marcada para as 19 horas, no salão do centro social - funcionando uma hora depois, conforme os estatutos, no caso de não ter o número mínimo de associados. A convocatória do presidente Diamantino Correia inclui também um período de "30 minutos para tratar de assuntos de interesse da associação".

terça-feira, 1 de Novembro de 2011

Aniversário da Tuna de Ois da Ribeira

A Tuna de Óis da Ribeira anunciou a comemoração do seu aniversário, com actividades marcadas para 20 de Novembro. O programa está no convite.